Seguidor do conde romeno Vlad da Valáquia (O empalador)…

Imagem relacionada

 

Mulher é empalada com um pedaço de madeira após negar sexo ao companheiro Segundo a polícia, a vítima foi estuprada pelo companheiro antes de ter o pedaço de madeira introduzido.

Um caso de violência doméstica foi registrado na tarde de sábado (23), na cidade de São Francisco, no Norte de Minas. Na ocasião, um homem foi preso pela #Polícia acusado de ter estuprado e introduzindo um pedaço de madeira no ânus da própria companheira [VIDEO]. Segundo informações da polícia, o crime aconteceu porque a vítima recusou-se a fazer sexo com o acusado.

O acusado de ter cometido o crime é um homem de 44 anos, cujo nome não foi revelado pela polícia. Para as autoridades locais, ele é o principal suspeito de ter agredido e violentado sexualmente a companheira, uma mulher de 44 anos. O homem foi preso em flagrante.

Conforme informações divulgadas pela polícia, no início da tarde de sábado, policiais receberam uma denúncia de uma mulher relatando que ela estava com muita dor após ser agredida pelo companheiro.

Na denúncia, a mulher disse que estava em um matagal no bairro Sobradinho. Diante da situação, policiais fizeram uma varredura na localidade e, por voltas das 19 horas, a vítima foi encontrada junto com o agressor embaixo de uma árvore.

O acusado foi preso em flagrante e levado para a delegacia da cidade junto com a vítima. Conforme consta no depoimento da mulher, ela disse para a polícia que o homem estava querendo ter relações sexuais com ela. Mas diante da recusa, o suspeito começou a lhe agredir e a estuprou. Como se não bastasse a tamanha crueldade com a vítima, o acusado pegou um pedaço de madeira e introduziu no ânus da vítima.

Esse tipo de crime é conhecido como empalamento.

Empalamento ou empalação é um método de tortura e execução onde uma estaca é introduzida pelo ânus, vagina, ou umbigo da vítima, o que pode causar a morte da vítima. Ainda de acordo com o depoimento da mulher, após o companheiro ter cometido o crime, ela disse que estava toda dolorida e pediu o telefone celular do acusado para fazer uma ligação para o pai. O acusado permitiu a mulher fazer a ligação, desde que ela não falasse nada sobre o ocorrido.

Foi quando ela ligou para a polícia relatando o caso. A vítima, após o depoimento, foi levada para uma unidade médica da cidade, onde recebeu atendimentos necessários para o caso. O suspeito também prestou depoimento para o delegado plantonista. A polícia não informou se o homem foi posto em liberdade ou continuou preso. O caso está sendo investigado. 

http://br.blastingnews.com/brasil/2017/09/mulher-e-empalada-com-um-pedaco-de-madeira-apos-negar-sexo-ao-companheiro-002038465.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s